TEMPO, TRABALHO E DOMINAÇÃO SOCIAL - POSTONE, MOISHE

Código: 9788575593981
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.
Em Tempo, trabalho e dominação social, Moishe Postone, professor de história moderna da Universidade de Chicago, propõe uma reinterpretação fundamental da teoria crítica de Marx. Fortemente influenciado pela Escola de Frankfurt e inserido em uma das tradições mais radicais e contemporâneas do marxismo, Postone analisa o capitalismo, antes de tudo, como uma forma de vida.Escrito na década de 1990, esse livro inaugurou uma nova frente nos estudos marxistas, tão polêmica quanto necessária. As teses de Postone relacionam a forma do crescimento econômico e a estrutura do trabalho social na sociedade moderna com a alienação e a dominação presentes no coração do capitalismo.Suas análises abriram caminhos para a renovação dos debates no interior do marxismo, o que torna esse livro leitura obrigatória, inclusive para os que defendem uma perspectiva diferente sobre a dinâmica capitalista. Em 1996, Tempo, trabalho e dominação social recebeu o prêmio de melhor obra teórica da American Sociological Association e, desde então, tem sido lançado em diversos países, como Alemanha, França, Espanha e Japão, entre outros. A edição brasileira conta com um prefácio inédito do autor. Elaborando conceitos destinados a apreender o caráter essencial e o desenvolvimento histórico da sociedade moderna e a superar a conhecida divisão entre estrutura e ação, significado e vida material, o autor questiona muitos dos pressupostos marxistas tradicionais e oferece novas interpretações dos argumentos centrais de Marx. Esses conceitos o levaram a uma análise original da natureza e dos problemas do capitalismo e fornecem a base para uma crítica do socialismo realmente existente .De acordo com Postone, Marx identifica o núcleo do sistema capitalista com uma forma impessoal de dominação social gerada pelo próprio trabalho e não simplesmente com mecanismos de mercado e propriedade privada. O trabalho proletário e o processo de produção industrial são caracterizados como expressões de dominação, e não como meios de emancipação humana. Essa reinterpretação gera uma análise crítica do caráter historicamente dinâmico da vida social moderna. Nessa óptica, a mera substituição da propriedade privada dos meios de produção pela estatal não podia produzir a superação do capitalismo. Para superá-lo, na perspectiva trazida à luz por Postone, é preciso superar o próprio valor-trabalho como regulador social ou, o que é o mesmo, abolir o trabalho alienado. Nessa leitura o advento do socialismo sempre exigiu, segundo o próprio Marx, a eliminação da forma mercadoria e, portanto, da forma dinheiro , afirma Eleutério Prado, no texto de orelha.

 

  • Editora:  BOITEMPO
  • Autores:  AUTOR: POSTONE, MOISHE
  • ISBN:  9788575593981
  • Capa:  Brochura
  • Edição:  1ª EDIÇÃO - 2014
  • Formato:  14.00 x 21.00 cm
  • Páginas:  488
Sobre a loja

A Livraria da Tarde nasce do sonho de ter um espaço aconchegante, repleto de livros, com uma curadoria de literatura geral, artes, ciências humanas, negócios e infanto-juvenil, em São Paulo. Um espaço charmoso, onde o cheiro dos livros se mistura com o cheiro do café e doces deliciosos da Made By Nina. A partir de agora, passa a atender todo o Brasil com entrega ágil e atendimento personalizado.

Pague com
  • Mercado Pago
Selos
  • Site Seguro

Livraria da Tarde - CNPJ: 34.999.877/0001-50 © Todos os direitos reservados. 2021